quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Cantos 119 a 123



foto tirada por Ézio
Igreja de Pedra - Canela (RS)
agosto/2011

119- EU CHEGO A SUA PORTA, cansado e com frio,
 você nem se importa e faz que não viu...
 O seu sentimento repete a imagem +
do meu nascimento, sem casa e hospedagem.
/Abra sua porta, dê-me acolhida,
 tenho amor de uma vida pra dar a você/.
2 - No irmão viajante, voltei ao seu lar.
Você hesitante não quis me hospedar.
À noite me viu voltando sozinho,
você se omitiu, negou seu  carinho.
3 - Tomara que o amor lhe faça lembrar
que o dia da dor lhe pode chegar.
 Então você vai tomar Meu lugar,
na casa do Pai pedir para entrar.



120-ALELUIA ALELUIA!
Vamos aclamar o Evangelho, Aleluia!(bis)
 1-Cristo vive no meio da gente,
ontem, hoje, eternamente!
Cada dia nos chama á conversão!


121-OFERTAR NOSSA VIDA,
queremos como gesto de amor doação.
 Procuramos criar mundo novo,
 trazer para o povo a libertação.
De braços erguidos a Deus ofertamos
aquilo que somos e tudo que amamos.
 Os dons que nós temos, compartilharemos,
 aqueles que sofrem,sorrir os faremos.
 2-A injustiça que fere e que mata tanto homem,
 criança e mulher, faz o jovem viver sem sentido,
 frustrado perdido, distante da fé.



122-SANTO, Santo, Santo, é o Senhor.
 Todos nós sabemos e queremos proclamar. (bis)
1-Santo é o Senhor em toda parte, o Senhor é Santo.
2-Viva o Senhor, nas alturas, o Senhor é Santo.


123-EU AGRADEÇO ao Senhor,
tudo o que fez por amor.
Tanta bondade merece,
a minha prece e louvor.
1-Pela vida que é tão rica:
 Obrigado, Senhor!
 Pelo amor que santifica:
Obrigado, Senhor!
2-Pelas noites, pelos dias:
Obrigado, Senhor!
Pelas dores e alegrias:
 Obrigado, Senhor!
 3-Pela casa e agasalho:
 Obrigado, Senhor!
Pelo pão do meu trabalho
 Obrigado, Senhor!

domingo, 26 de junho de 2011

Primeira Cristã - Pe Zézinho




Vídeo editado por mim, em homenagem à Maria, nossa Mãe e primeira seguidora de Jesus!

segunda-feira, 4 de abril de 2011

O canto de Maria do povo - Padre Zezinho



Lindíssima música do Padre Zézinho, em louvor à Maria, Mãe de Deus e Senhora do Povo!

terça-feira, 1 de março de 2011

Cantos 114 ao 118

foto tirada por mim

114-ANTES QUE TE FORMASSES
 dentro do seio de tua mãe.
Antes que tu nascesses, te conhecia, e te consagrei.
Para ser meu profeta entre as nações eu te escolhi.
 Irás onde enviar-te e o que eu mando proclamarás.
Refrão: Tenho que gritar,
 tenho que arriscar, ai de mim se não o faço!
 Como escapar de Ti,
como calar se tua voz arde em meu peito?
 Tenho que andar, tenho que lutar,
 ai de mim se não o faço!
 Como escapar de ti, como calar,
 se tua voz arde em meu peito?
2- Não temas arriscar-te, porque contigo eu estarei.
 Não temas anunciar-me, em tua boca eu falarei.
 Entrego-te meu povo, vai arrancar e derrubar.
 Para edificares, destruirás e plantarás.
3-Deixa os teus irmãos, deixa teu pai e tua mãe.
Deixa a tua casa, porque a terra gritando está.
 Nada tragas contigo, pois ao teu lado eu estarei,
 é hora de lutar, porque meu povo sofrendo está.



115-ME TOMASTE EM TEUS BRAÇOS,
 e morreste por mim.



116-GLÓRIA A DEUS no mais alto dos céus (bis)!
1-Glória a Deus nosso Pai: seu poder nos criou.
2-Glória a Cristo, seu Filho, que nos resgatou.
3-Glória ao Espírito Santo que nos confirmou.



117-PELOS PECADOS, erros passados.
 Por divisões na Tua igreja ó Jesus.
Senhor, piedade, Senhor, piedade.
 Senhor, piedade, piedade de nós.
Quem não Te aceita. Quem Te rejeita.
 Pode não crer por ver cristãos que vivem mal
Cristo, piedade! Cristo piedade!
 Cristo piedade, piedade de nós!
Hoje se a vida, é tão ferida,
 deve-se à culpa, indiferença dos Cristãos.
Senhor, piedade, Senhor, piedade!
 Senhor, piedade, piedade de nós!


118-ALELUIA, PONHO-ME A OUVIR!
Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia (bis
)
Ponho-me a ouvir, o que o Senhor dirá.
 Ele vai falar, vai falar de paz.
 Pela minha voz e pelas minhas mãos,
 Jesus Cristo vai, vai falar de paz.

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Riscos


 foto tirada por mim




Rir é correr o risco de parecer tolo.

Chorar é correr risco de parecer sentimental.

Estender a mão é correr o risco de se envolver.

Expor seus sentimentos
é correr o risco de mostrar seu verdadeiro eu.

Defender seus sonhos e idéias diante da multidão
 é correr o risco de perder as pessoas.

Amar é correr o risco de não ser correspondido.

Viver é correr o risco de morrer.

Confiar é correr o risco de se decepcionar.

Tentar é correr o risco de fracassar.

Mas os riscos devem ser corridos,
 porque o maior perigo é não arriscar nada.

A pessoa que não corre nenhum risco não faz nada,
 não tem nada e não é nada.

Acorrentadas por suas atitudes, elas viram escravas,
 privam-se de sua liberdade.
Somente a pessoa que Corre riscos é livre!
 (DESCONHEÇO O AUTOR)



sábado, 16 de outubro de 2010

O Cantico das Criaturas

(foto tirada por mim)

(ou Cantico do Irmão Sol de São Francisco de Assis)

 Altíssimo, onipotente, bom Senhor
Teus são o louvor, a glória, a honra
E toda a benção.
Só a ti, Altíssimo, são devidos;
E homem algum é digno
De te mencionar
Louvado sejas, meu Senhor
Com todas as tuas criaturas,
Especialmente o senhor irmão Sol,
Que clareia o dia
E com sua luz nos alumia.
E ele é belo e radiante
Com grande esplendor
De ti, Altíssimo, é a imagem.
Louvado sejas, meu Senhor,
Pela irmã Lua e as Estrelas,
Que no céu formaste as claras
E preciosas e belas.
Louvado sejas, meu Senhor,
Pelo irmão Vento,
Pelo ar, ou nublado
Ou sereno, e todo o tempo,
Pelo qual às tuas criaturas dás sustento.
Louvado sejas, meu Senhor
Pela irmã Água,
Que é muito útil e humilde
E preciosa e casta
.Louvado sejas, meu Senhor,
Pelo irmão Fogo
Pelo qual iluminas a noite,
E ele é belo e jucundo
E vigoroso e forte.
Louvado sejas, meu Senhor,
Por nossa irmã a mãe Terra,
Que nos sustenta e governa
E produz frutos diversos
E coloridas flores e ervas.
Louvado sejas, meu Senhor,
Pelos que perdoam por teu amor,
E suportam enfermidades e tribulações.
Bem-aventurados os que as sustentam em paz,
Que por Ti, Altíssimo, serão coroados.
Louvado sejas, meu Senhor,
Por nossa irmã a Morte corporal,
Da qual homem algum pode escapar.
Ai dos que morrerem em pecado mortal!
Felizes os que ela achar
Conformes à tua santíssima vontade,
Porque a morte segunda não lhes fará mal!
Louvai e bendizei ao meu Senhor,
E dai-lhe graças,
E servi-o com grande humildade.